Câmara de Aquidauana aprova Moção de Pesar pelo falecimento de Eulália Silva

29/09/2022 - Por: ASCOM - Visitas: 4266

Compartilhe:

Na Sessão Legislativa da ultima terça-feira (27) o vereador Gilberto Cruz (Sargento Cruz) apresentou Moção de Pesar nos expressos termos do dispositivo no inciso IV, do § 1º, do art. 168, do Regimento Interno, pelo falecimento da senhora Eulália Silva, ocorrido no dia 21 de setembro de 2022, no Hospital Adventista do Pênfigo em Campo Grande - MS, vítima de complicações em virtude de uma pneumonia.

Segundo informações do vereador Sargento Cruz (MDB), a senhora Eulália Silva faleceu aos 92 anos, filha de Pantaleão Silva (in memoriam) e Julia Chamorro (in memoriam), era uma trabalhadora incansável. “Sua paixão sempre foi trabalhar, o que fazia por prazer”.

Em sua justificativa o vereador Sargento Cruz enfatizou que a senhora Eulália Silva chegou em Aquidauana na década de 40, aos 14 anos de idade, vinda do País vizinho, Paraguai, casou com Francisco Dias Feitosa (in memoriam) aos 17 anos. 

É uma história de sucesso com a instalação de uma mercearia no bairro Guanandy onde trabalharam por mais de 68 anos, além disso eles tocavam um sitio na região do Morrinho por nome de Campina. 

Eulália Silva era católica fervorosa, frequentava a igreja católica Paróquia Imaculada Conceição (Matriz) e igreja Católica Nossa Senhora das Dores, no Guanandy. Era uma mulher correta e honesta, por isso mesmo, muito respeitada no seu círculo de amizades, sempre foi cultivadora da paz, do amor e, com certeza fará muita falta, permanecendo como uma pessoa digna de confiança, da verdade e de uma amizade sincera, dando grande exemplo de vida para todos.

Cruz explica que a senhora Eulália Silva era uma das moradoras mais antigas e conhecida do Bairro Guanandy, muito simples, mas de grande alegria, que contagiava e cativava facilmente as pessoas ao seu redor com sua simpatia. “Seu grande legado foi ter deixado uma grande família, filhos: Maria Sueli Feitosa (in memoriam), Maria Solange Feitosa Amine, Sônia Maria Feitosa Fialho, João Dias Feitosa, Afonso Feitosa, Marco Antônio Feitosa, Sandra Aparecida Feitosa  da Cunha, Paulo Cesar Feitosa (in memoriam), Selma Mara Feitosa de Almeida, Silva Regina Feitosa Bagatini e Evandro Feitosa; enteados: José Feitosa, Francisco Feitosa e Maria José Jacinto; 37 (trinta e sete) netos,  25 (vinte e cinco) bisnetos e 02 (dois) tataranetos. Ela encerrou seu ciclo de vida, mas sua geração se perpetuará em nossa querida cidade”, enfatizou o parlamentar.

Sua morte, enluta não somente seus familiares e amigos, mas toda sociedade, pois se trata da perda de uma cidadã trabalhadora, alegre, exemplo na honestidade e caráter, seu legado ficará nas lembranças daqueles que tiveram a oportunidade de conhecê-la e com ela conviver. “Dona Eulália em particular, minha querida amiga, uma incentivadora e conselheira, que sempre abria as portas da sua casa para me receber e para que pudéssemos conversar de assuntos variados, incluindo aí a política da nossa cidade e jamais esquecerei de seus bons conselhos”, ressaltou o vereador Sargento Cruz.

Aos seus familiares, essa Casa Legislativa não poderia deixar de prestar essa singela homenagem póstuma, desejando que a paz, o consolo e a força da fé reinem no meio de todos, primando o amor a Deus sobre todas as coisas para que a nossa querida amiga Dona Eulália descanse em paz, apresentando publicamente sentimentos de pesar, nos solidarizando nesta hora de dor.

Que Deus em sua infinita bondade possa recebê-la no céu e que traga conforto aos corações de todos os seus familiares e amigos enlutados.  “Essa Moção de Pesar é uma prova do nosso apreço, nossa amizade e da nossa admiração”.

A Moção de Pesar foi submetida a votação no plenário Estevão Alves Corrêa da Câmara Municipal de Aquidauana durante a Sessão Legislativa e aprovada por unanimidade pelos vereadores presentes na sessão e em seguida entregue aos familiares em um momento de reconhecimento, gratidão e emoção.