Neves solicita ao Estado monitoramento do tráfego pesado pela MS-450

11/04/2023 - Por: ASCOM - Visitas: 2013

Compartilhe:

A possibilidade de se monitorar o tráfego de veículos de grande porte pela MS-450 (conhecida como Estrada Parque), que tem causado danos à  pavimentação asfáltica, foi solicitada pelo vereador Valter Neves (PSD) ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo, com cópia ao diretor presidente da Fundtur (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul), Bruno Wendling, por meio do Ofício de nº 007/2023 (Gabinete) apresentado em plenário.

Conforme o parlamentar informa, a estrada ecológica tem 55 quilômetros de extensão, começando no trevo da BR-262, no acesso à Palmeiras, até o centro de Aquidauana.

Ela também, acrescenta, configura o principal acesso aos distritos - locais muito frequentados por pescadores e amantes de esportes radicais, com hotéis, pousadas e pesqueiros.

“Agora com sua pavimentação concluída, com os últimos 18 quilômetros restantes da MS-450, entre os distritos de Palmeiras (Dois Irmãos do Buriti), Piraputanga e Camisão, em Aquidauana, o governo investiu mais de R$ 21 milhões na obra, que, além do asfalto, incluiu o recapeamento do trecho entre Camisão e Aquidauana, já pavimentado”, comenta.

 Essa região, portanto, se tornou uma das principais rotas turísticas de Mato Grosso do Sul por apresentar paisagens impressionantes quanto à beleza e exuberância natural que contorna suas linhas.

“A MS-450 é classificada como estrada ecológica, integrando uma APA (Área de Proteção Ambiental) de 10 mil hectares, criada em 2000. Tal característica levou a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) a estudar as áreas com incidências de sítios arqueológicos, descobrindo fragmentos do período pré-indígena”, acrescenta.

De acordo com o entendimento do vereador, essa rodovia abre uma nova perspectiva para o turismo de Piraputanga, Palmeiras e Camisão, lugares de uma beleza sem comparação no Estado e que estavam escondidos pela dificuldade de acesso. Além do que, concretiza uma nova entrada para Aquidauana.