Neves: testes rápidos para diagnostico da Covid-19 em funcionários de bancos e comércio

09/06/2021 - Por: ASCOM - Iramar Ferreira - MTB.804/MS - Visitas: 806

Compartilhe:

A realização de  testes rápidos para diagnóstico da Covid-19 em  funcionários de agências bancárias, lotéricas, supermercados e comércio de grande porte, foi sugerida pelo vereador  Valter Neves (PSD) ao prefeito Odilon Ribeiro (PSDB), com cópia  à secretária municipal de Saúde e Saneamento, Cláudia Franco Fernandes Souza, por meio de Indicação apresentada em Sessão Legislativa.

Conforme justificativa do parlamentar, a medida defendida  se prende ao fato de que o Banco Bradesco fechou as portas para desinfecção no dia 07 de junho de 2021, interrompendo o atendimento bancário em razão de funcionários testarem positivo para o coronavirus.

Segundo ele, todos os funcionários tiveram que realizar exames no laboratório de análises clínicas para investigação de possíveis outras contaminações.

No caso, o Bradesco, esclarece, a instituição foi transparente com a população, o que pode não estar acontecendo com outros estabelecimentos. Daí a necessidade da realização da testagem rápida no comércio.

Neves explica, que os  funcionários ficam expostos diariamente à contaminação pela Covid-19 devido  a um elevado número de  atendimento de pessoas nesses locais.

Essa situação, acrescenta, gera alto risco de contaminação e disseminação do coronavírus em razão da natureza e características dos locais de trabalho ( ambientes fechados e ventilação por ar-condiconado, no qual circulam centenas de pessoas por dia)  e do alto nível de transmissão do vírus por meio do papel moeda.

“Mesmo com o controle de acesso escalonado de clientes, existe aglomerações nas filas e grande fluxo de usuários nas unidades, podendo causar propagação do vírus no ambiente de trabalho”, observa.

Para ele, com a possibilidade de testagem rápida e surgindo casos positivos, haverá condições de realizar prontamente medidas de higienização do local e isolamento do infectado, o que impedirá a propagação da doença, que pode resultar em contaminação de colegas e clientes.

“Os testes rápidos também serão de extrema importância para detectar pessoas assintomáticas; o que é um risco para todos e só tende a somar no crescimento da pandemia no município”, conclui