Legislativo aprova Moção de Pesar pelo falecimento do pastor Idelfonso da Silva

01/11/2023 - Por: ASCOM - Visitas: 826

Compartilhe:

A Moção de Pesar foi submetida a votação e aprovada por unanimidade pelos vereadores presentes na Sessão Legislativa.

Na sessão do Poder Legislativo realizada ontem, terça-feira (31) no plenário Estevão Alves Corrêa, o vereador Anderson Meireles apresentou nos termos do dispositivo no inciso VI, do § 1º, do art. 168, do Regimento Interno, Moção de Pesar em parceria com o vereador Valter Neves, aos familiares do pastor Idelfonso Oliveira da Silva, pelo seu falecimento ocorrido dia 27 de outubro de 2023, na cidade de Aquidauana.

Em sua justificativa os vereadores Anderson Meireles e Valter Neves, ressaltam que o pastor Idelfonso Oliveira da Silva, nascido em 01/03, tinha 76 anos, e foi casado por 46 anos com dona Nilma de Jesus Silva (in memoriam), e tiveram residência fixa na rua Pandiá Calógeras, Vila Paraíso.

Dessa linda história, nasceram seus filhos, Paulo Afonso e Luiz Henrique criados nessa mesma casa, que anos depois foi palco de lindas memórias afetivas para seus netos e bisnetos.

Após o falecimento da sua esposa em 2016, o pastor Idelfonso casou-se com Elizabeth Niz, a qual acompanhou sua trajetória, em seus últimos seis anos de vida.

Os parlamentares Valter Neves e Anderson Meireles destacaram ainda que o pastor Idelfonso era uma personalidade bastante conhecida e respeitada em Aquidauana e região, desde jovem iniciou o seu ofício como aprendiz de alfaiate nos anos 60 na Alfaiataria de Ladislau Buba.

Anos depois veio a desempenhar o cargo oficial de alfaiate, fruto de sua dedicação e esmero profissional.

Aplicando os conhecimentos assimilados na Alfaiataria de Ladislau, seus cortes italianos e os ternos que confeccionava, pastor Idelfonso vestiu clientes de diversas classes sociais de Aquidauana e Anastácio. “Impossível passar naquela rua e não se lembrar do Sr Idelfonso trabalhando em sua máquina de costura, sempre cordial e alegre”, frisou Valter Neves.

O vereador Anderson Meireles ressaltou que o pastor Idelfonso, durante sua vida, possuiu conduta impecável se dedicando à família e a religião. Ele foi pastor auxiliar na Igreja do Evangelho Quadrangular, tempos depois na Igreja Evangélica Assembleia de Deus, onde desempenhou diversas atividades eclesiásticas, e ainda foi co-pastor da igreja.

Foi também pastor titular da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Angélica MS (2005 a 2007). Em sua caminhada dedicou-se a transmitir a palavra de Deus e viver na prática os ensinos do nosso Senhor Jesus Cristo, deixando um legado imensurável que se perpetuará na vida de seus filhos, netos e bisnetos, e também, daqueles que tiveram o privilégio de terem convivido com o mesmo. Sua ausência deixará saudades eternas em seus familiares, amigos e conhecidos.

Na opinião dos vereadores, sua vida foi um exemplo a ser seguido, através dos predicados que foram peculiares, como: Amor; Fé; Dignidade; Humildade; Fidelidade; Partilha; Aceitação; Comprometimento. “Sua morte, depois de uma vida baseada em princípios bíblicos, éticos e morais; é acalento aos familiares que aqui ficam, e dão a certeza do reencontro muito em breve, pois essa é a convicção de todos aqueles que servem a Deus”.

Ao final rogaram a Deus para que conceda conforto e força aos familiares nesta hora tão difícil, transmitindo a todos as sinceras condolências. O céu recebeu uma pessoa muito especial, onde em vida foi um cidadão exemplar e temente a Deus. Que Deus o receba em sua eterna glória.

A Moção de Pesar foi submetida a votação e aprovada por unanimidade pelos vereadores presentes na Sessão Legislativa devendo ser encaminhada aos familiares via correspondência.