Poder Legislativo de Aquidauana lamenta falecimento do pastor Oneones

27/05/2022 - Por: Ascom - Visitas: 1532

Compartilhe:

Durante Sessão legislativa da Câmara Municipal de Aquidauana no Plenário Estevão Alves Corrêa na última terça-feira (24) os vereadores Wezer Lucarelli (Presidente do Legislativo), Sargento Cruz (1º Secretário) e Valter Neves apresentaram em conjunto ‘Moção de Pesar’ aos familiares do Reverendo Oneones Custódio da Silva pelo seu falecimento ocorrido aos 66 anos de idade no dia 18 de Maio de 2022.

Na justificativa, os vereadores citados esclarecem que em nome do Poder Legislativo Aquidauanense e de toda a comunidade, manifestam com enorme consternação o falecimento do Reverendo Oneones Custódio da Silva, ocorrido após uma intervenção cirúrgica. 

Pastor Oneones era natural de Pontalina (GO) e ao longo de sua vida se dedicou com afinco na obra de Deus, abrindo diversas congregações e templos da Igreja do Evangelho quadrangular em vários estados do Brasil, tendo seu ministério com mais de 40 anos de pregação da palavra de Deus. 

O reverendo Oneones Custódio da Silva deixa um legado de trabalho de evangelização junto a comunidade de Aquidauana, deixa a mãe, a esposa, que também é pastora da IEQ Marina Rezende, o filho, também pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular Rogério Rezende, nora, netos e amigos. 

“Unimo-nos em solidariedade a esta família enlutada, com o desejo sincero de confortar os corações partidos de dor e de saudades, buscando, ainda registrar, nos anais desta Casa de Leis, uma modesta referência, como lembrança, da vida de um homem que ficará na memória daqueles que tiveram a oportunidade de conhecê-lo e de conviver com seus exemplos”.

A Moção de Pesar apresentada pelos vereadores Wezer Lucarelli, sargento Cruz e Valter Neves foi submetida a votação em plenário e aprovada com voto de todos os vereadores, sendo eles: Wezer Lucarelli, Sargento Cruz, Valter Neves, Anderson Meireles, Sebastiãozinho, Reinaldo Kastanha, Humberto Torres, professor Clériton, Everton Romero, Nilson Pontim, Marquinhos Taxista, Tião Melo e Chico Tavares.