Meireles pede estudos para realização de feira livre em aldeias

07/04/2022 - Por: ASCOM - Visitas: 2943

Compartilhe:

O pedido de estudos com o objetivo de promover a realização de feira livre nas aldeias indígenas do Limão Verde e Buritizinho foi feito pelo vereador Anderson Meireles (MDB) ao prefeito Odilon Ribeiro (PSDB), com cópia aos secretários municipais de Cultura e Turismo, Youssef Saliba, e de Produção, Naiara Nogueira, por meio de Indicação apresentada em plenário.

Conforme justificativa do parlamentar, essa proposta é uma reivindicação da comunidade indígena e objetiva promover, expor a arte, cultura e gastronomia terena por meio da feira livre.

Segundo ele, além de reunir a comunidade local, a feira teria como objetivo atrair turistas para as aldeias a fim de potencializar o fortalecimento da economia local, com a comercialização do artesanato e produtos da agricultura familiar, entre outros itens a serem comercializados.

Oficinas de treinamento

Outro pedido do vereador feito à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo se refere a estudos para estabelecer parceria com a Fundação Estadual de Cultura do MS para realizar oficinas de treinamento da cultura, arte terena e de fantoches.

De acordo com ele, a realização de oficina para confecção do artesanato indígena busca incentivar a juventude interagir com a cultura, arte e os valores históricos. 

Além disso, acrescenta, também visa agregar renda para as famílias terena, uma vez que a arte confeccionada é comercializada em eventos e feiras de artesanato.

“Já a oficina de fantoches – bonecos, atenderá profissionais dos mais diversos segmentos que trabalham com essa dinâmica”, completa.