Meireles repudia deputado por declarações às mulheres ucranianas e brasileiras

09/03/2022 - Por: ASCOM - Visitas: 3376

Compartilhe:

O vereador Anderson Meireles (MDB), presidente da Comissão dos Direitos da Mulher, na Casa de Leis, manifesta, por meio de uma Moção de Repúdio,  encaminhada ao deputado estadual paulista, Arthur do Val (Podemos), conhecido como ‘Mamãe Falei’, indignação pelas lamentáveis declarações referindo-se as mulheres ucranianas e brasileiras.

Conforme justificativa do parlamentar, são declarações repugnantes, asquerosas, e uma das maiores indignidades já vistas. “Agridem as mulheres, envergonham o Brasil, enxovalham a política. Pior, foram feitas em um contexto de guerra e dor”, critica.

De acordo com ele, os áudios – compartilhados em aplicativos de mensagem – mostram que o deputado enviou ao menos quatro mensagens, com comentários sexistas referindo-se às policiais ucranianas.

Segundo Meireles, chegou a dizer sobre as ucranianas “que são fáceis porque são pobres” e que são capazes de “fazer de tudo”. Para o parlamentar, as  informações   chegam ser impublicáveis  de tão ofensivos.

No entendimento do parlamentar, as palavras do deputado evidenciam que o machismo é um dado cultural que ultrapassa classes sociais e ideologias, contaminando até aqueles que, nas altas funções que exercem, deveriam zelar pelo humanismo e pelo respeito às mulheres, em atos e palavras.

Em nenhuma esfera de poder, acrescenta,  os comportamentos agressivos às mulheres devem ser considerados naturais. Precisam ser punidos de maneira rigorosa, de acordo com a lei, completa.

“Esperamos que aquela  Casa Legislativa tome as providências que o caso requer, e que o deputado Arthur do Val sofra as sanções regimentais cabíveis, e, em público, peça desculpas à nação e às mulheres ucranianas”, finaliza.