Marquinhos sugere a criação de pontos de embarque e desembarque para táxis

13/12/2021 - Por: ASCOM - Visitas: 3055

Compartilhe:

A criação de pontos de embarque e desembarque para motoristas que realizam o serviço de transporte de passageiros individual, oferecido pelos táxis, nas imediações da área central, foi sugerida pelo vereador Marquinhos Taxista (PDT) ao diretor do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Flávio Gomes da Silva Filho, com cópia ao prefeito Odilon Ribeiro (PSDB), por meio de Indicação apresentada em plenário.

Conforme revela o parlamentar, com base na argumentação dos taxistas,  o problema nas vias da região central,  como as ruas -   Estevão Alves Corrêa, Marechal Mallet e Manoel Antônio Paes de Barros onde estão localizados bancos, lotéricas e farmácias, é a falta de  vagas exclusivas para esses profissionais  do táxi.

No entendimento do vereador, a proibição em vigência implica em prejuízo, sobretudo, aos usuários, pois a todo  instante, os prestadores de serviço de táxi são penalizados por infração de trânsito por parar o carro  em local proibido, ou seja,  apenas para embarque ou desembarque de passageiros, o que foge ao grau mínimo da razoabilidade.

Ele ressalta, no entanto, que esses espaços para parada traz mais segurança à população,  que faz  uso cada vez mais frequente desse tipo de serviço e evita multas aos motoristas que,  por vezes,  estacionam em áreas proibidas por não ter um local adequado para  embarque e desembarque de passageiros.

“A presente proposição não impede que o Poder Público estabeleça protocolos de operação para tais estabelecimentos, no interesse da sociedade e fundamentados em critérios técnicos a fim de   assegurar o funcionamento”, finaliza.