Meireles solicita estudos para inclusão de Libras no serviço Público

07/10/2021 - Por: ASCOM - Iramar Ferreira - MTB.804/MS - Visitas: 374

Compartilhe:

O vereador Anderson Meireles (MDB), por meio do Ofício de nº 016/2021 (Gabinete), solicita à secretária municipal de Saúde, Cláudia Franco Fernandes Souza, estudos de viabilidade visando a realização do curso de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para atendimento inclusivo no serviço público às pessoas com deficiência auditiva.

O parlamentar sugere, inicialmente, que o curso básico seja oferecido aos atendentes das unidades de saúde e, posteriormente, aos demais profissionais.

Segundo informa Meireles, o curso visa permitir que o servidor público utilize a Língua Brasileira de Sinais em nível básico, possibilitando proferir a comunicação em Libras em diversos contextos sociais, principalmente no ambiente de atendimento ao público.

A medida, comenta, busca auxiliar os servidores públicos a melhorar a qualidade dos serviços em áreas envolvidas no atendimento direto ao cidadão, como segurança, saúde e educação.

A necessidade do curso, acrescenta, surge a partir da demanda apresentada pelas pessoas com deficiência a procurar atendimento nas unidades de saúde por não conseguirem acolhimento em razão de não possuir pessoas (atendentes) que falam a língua.

“Essa iniciativa visa compreender a importância de assegurar à pessoa surda ou com deficiência auditiva, o acesso à comunicação, à informação e à educação, bem como, a sua efetiva integração na vida em sociedade”, completa.