Wezer propõe reforma administrativa e condena as mesmas práticas do passado

04/06/2013 - Por: ASCOM - Iramar Ferreira - MTB.804/MS - Visitas: 559

Compartilhe:

O vereador Wezer Lucarelli (PDT) propôs ao prefeito José Henrique Trindade (PDT) reforma administrativa na Prefeitura com extinção de secretarias, fundações e corte de cargos comissionados como medidas de redução de gastos públicos.

“É a única maneira do município se sustentar”, avaliou o parlamentar durante discurso da tribuna da Casa de Leis, na última terça-feira (28/05).

Além disso, ele questiona  a cúpula do PDT - partido que comanda o município -  o que se pretende mostrar de novo para corrigir os erros cometidos no passado, pois, conforme revelou o parlamentar, os governistas estão adotando as mesmas práticas de outros governos dos quais ele já participou.

“O que temos ou faremos de novo”, questionou  Wezer ao lembrar da criação da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, implantada na administração passada, para acomodação política com interferência do governo do Estado.

Ele disse que ouviu nas ruas comentários de que estavam oferecendo a mesma secretaria para vereador. “Que situação  é essa. Porque não se extingue essa  pasta, cargos e assessorias”, reforçou o pedido o parlamentar.

Contudo, Wezer disse que mantém uma postura coerente e  com o mesmo  discurso. Ou seja, “tanto sentado quanto em pé”,  que confia na administração do atual prefeito, mas que precisa acertar o rumo.

“Quero ter uma relação republicana com ele, que, aliás, me trata muito  bem. Estou à disposição dele para discutir as políticas públicas para o município”, finalizou.